Please note that JavaScript and style sheet are used in this website,
Due to unadaptability of the style sheet with the browser used in your computer, pages may not look as original.
Even in such a case, however, the contents can be used safely.

Hospital Israelita Albert Einstein

Hospital Israelita Albert Einstein

A NEC Brasil, provedora de soluções convergentes de redes de comunicação e tecnologia da informação, acaba de finalizar a primeira fase do projeto de rastreabilidade (utilizando a tecnologia RFID - Radio Frequency Identification) no Hospital Israelita Albert Einstein, uma das principais instituições na área de saúde do Brasil.

A necessidade inicial do hospital era aumentar o controle dos equipamentos médicos, tanto para evitar perdas, como para medir certos indicadores de maneira automatizada. É o caso dos tags (etiquetas com dispositivos eletrônicos para medição e transmissão de informações digitais) de rastreabilidade que foram colocados em alguns materiais, como bombas infusoras, monitores multiparamétricos, entre outros, para maior organização do fluxo. As métricas são construídas de acordo com um sistema que gerencia a temperatura de cada material estocado em parte das geladeiras do hospital, como bancos de sangue, de tecido, de leite, de medicamentos etc., conforme as diferentes certificações que são exigidas do hospital para o controle de temperatura desses depósitos, garantindo que a armazenagem esteja de acordo com as regras previstas em lei.

O projeto, que teve início em meados de 2009, conta com participação da Cisco, empresa mundial especializada em redes de dados, e da AeroScout, especialista em Unified Asset Visibility (UAV). A Cisco foi a responsável pelo fornecimento da infraestrutura tecnológica e a AeroScout da solução de rastreabilidade de ativos por meio da rede sem fio, que já é utilizada para a internet e ramais móveis no próprio hospital, também instalada pela NEC Brasil anteriormente.

Nesse caso, a NEC Brasil realizou uma atualização da rede wireless do cliente por meio da ampliação de Access Points e Wireless Controllers, além do upgrade do Wireless Control System (Software de Gerência - WCS), da Cisco. Assim, ampliou a cobertura do sinal para permitir o gerenciamento dos equipamentos médicos de maneira otimizada e com maior alcance, transformando o projeto pioneiro na América Sul. O sistema atende às necessidades específicas do setor de saúde, com capacidade de rastreabilidade e visibilidade dos equipamentos utilizados no dia-a-dia, o que supre especialmente às exigências e regulamentações desse mercado.

A NEC Brasil também forneceu o sistema Cisco MSE (Mobility Services Engine), um dispositivo que trata as informações colhidas nos ativos e calcula a situação de cada aparelho individualmente. Após esse processo, a tecnologia transfere as informações obtidas para o MobileView, software da AeroScout, que gera os alertas para informar à equipe médica e aos gestores sobre a situação de cada equipamento e a temperatura de cada geladeira rastreada no hospital. A solução é customizada de acordo com a demanda gerada na instituição e nessa primeira fase, o objetivo é desonerar os profissionais, que passarão a trabalhar de maneira mais ágil e eficiente. Além disso, a solução aumenta a capacidade de controle sobre a utilização e o direcionamento dos recursos internos, por parte da direção da instituição.

Sérgio Arai, diretor-executivo de TI do Einstein, explica as melhorias dos processos internos após a implementação da tecnologia e considera a NEC como a fornecedora mais capacitada para atender às exigências específicas do setor. “Foram instalados tags da AeroScout, que medem constantemente a temperatura de parte das geladeira. Os tags estão ligados a um software de gerenciamento, que envia alertas instantâneos aos responsáveis em caso de anomalias de forma individual. Além disso, diversos instrumentos médicos também receberam um tag que indica sua localização e suas condições. A tecnologia faz o mapeamento da movimentação de cada item, o que diminui o tempo de procura dos instrumentos por parte dos profissionais, agiliza o processo de manutenção e evita perdas. Devido à essas necessidades peculiares, escolhemos a NEC, que assim como o Einstein sempre está a frente no que diz respeito à inovações. Por isso, esta parceria, que existe desde 2006, é tão duradoura”, destaca.

Heitor Gottberg, gerente-executivo de negócios para o setor de saúde da Cisco, ressalta que este projeto mostra todo o potencial da arquitetura Cisco de redes multiserviços sobre Wi-Fi, uma vez que a rede suporta localização, telefonia sem fio, acesso ao prontuário, acesso “guest” para pacientes e acompanhantes e outros serviços que o hospital venha a demandar. Tudo isso com garantia da confiabilidade, disponibilidade e integridade das informações.

"O Einstein é conhecido na América Latina e no mundo pela adoção de tecnologias visionárias para melhorar a segurança e os cuidados com seus pacientes, diz Ricardo Berrios, vice-presidente e gerente-geral da AeroScout na América Latina. Para ele, esse projeto demonstra uma excelente oportunidade para a empresa na região da América Latina. "Essa implementação realizada em uma prestigiosa organização na área da saúde demonstra não apenas o valor de nossas soluções, mas também a nossa presença regional e a liderança no local", afirma.

Já na segunda fase do projeto, que será iniciada ainda em 2010, o sistema de rastreamento será expandido para os pacientes e para a equipe médica, por meio da mesma rede sem fio. De acordo com Luiz Villela, diretor de marketing e negócios da NEC Brasil, o setor de saúde apresenta uma demanda muito grande por tecnologias específicas. Por isso a importância da implementação de soluções que desoneram os profissionais para que eles possam se concentrar em suas atividades fins. “Identificamos uma carência em relação às tecnologias que auxiliem nas tarefas pertinentes ao cotidiano do setor médico. Por isso, apostamos em uma grande adesão do mercado por projetos que incluem tecnologia RFID e estamos investindo na difusão dessa solução em diversas instituições do País”, finaliza.

Sobre a NEC Brasil

No Brasil, a NEC oferece soluções de telecomunicações e TI para operadoras, empresas e governo. A NEC também desenvolve no país projetos de supercomputação, broadcasting e identificação biométrica. Com mais de 40 anos de experiência no mercado local, a NEC é subsidiária da NEC Corporation, uma das maiores companhias globais de tecnologia.

Sobre o Hospital Israelita Albert Einstein

O Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE) é um dos mais conceituados da América Latina, por acreditar que seu trabalho não é tratar doenças, mas cuidar de pessoas. Capaz de atender a todas as demandas da cadeia de valor de prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação da saúde, o HIAE destaca-se pelo seu desempenho em procedimentos de alta complexidade.